segunda-feira, 24 de abril de 2017

Claras mentiras, tristes verdades.

Corri ao sol, muitos passam por mim, tento ir o mais rápido que posso, distante dos seus olhos; é onde eu quero ficar .
Foi tudo que sonhava.
Não vou dormir esta noite em sua cama, minhas mãos tem uma marca sua.
Foi muito mais fácil pra você.
Foco meus olhos na chuva, no seu rosto, cabelos e roupas molhadas quase invisíveis modelando seu corpo, corremos juntos pelo centro da cidade perdida, e nos perdemos na multidão.
Não me cabe julgar suas razões e medos.
Queria não ver o mundo desta forma, gostaria de ter escolha.
Você grita meu nome, e diz que eu estou errado, não aceito suas verdades em mim se faz mentira.
Seus traços fortes seu jeito delicado.
Não venha bater em minha porta chorando, minha cama te faz sentir culpado.
Meus olhos tentam ir para outras direções, minha pele rejeita essa verdade.
-Meu amigo.
-Vou orar por você!
-Não me ligue e não conte a ninguém o que vivemos isso vai ser melhor.
Talvez eu tenha andado distraído.
Minha família fala em mudanças, mentir.
Não posso.
Não vou dormir vou te esperar por uma hora, depois dormir.
Saia mais cedo pra ninguém te ver.
Fico em silêncio só assim posso te ter!
Minha mente não aceita.
Meu coração implora.
Hoje eu vou sair antes que você acorde, não me ligue nem conte a ninguém que estive em seus braços.
Seu choro me faz lamentar, os soluços constroem uma parede.

 No começo 

Hoje noto uma nuvem nova sobre minha cabeça !!
Ela chora...
Minha continua esperança desapareceu!
Acho que estou morto, já me vejo como parte desta massa de seres vegetais.
Não quero assim ser, não sou assim,
Isso toma minha alma e tenta a auto mutilação,
construí um castelo e agora não consigo sair e nem entrar !!
Para onde eu irei se não dentro de min.
Vou tentar uma nova busca.
Um novo caminho.
Onde as pessoas são iguais e melhores.




Valor

Em tudo que fazes, valoriza o que não importa.
O que realmente importa é esquecido sem ao menos questionar, ter cautela isso é o que vale.
Não lutar contra os valores de teu “eu” e sim contra a imposição estabelecida pela sociedade.
Pois não se vale lutar por uma guerra já perdida os parametros estabelecidos já não importam mais.
Não valorizando o fracasso, pois valorizar o que não é produtivo não traz a satisfação.
Não falo de pessoas, mas de ações que não são remediadas da forma correta.
Submeter outros sem tanto conhecimento a uma situação que não traz o crescimento é autodestruição. Pois temos duas situações o crescimento ou a destruição e cabe a você saber valorizar o que realmente importa. Comprometa-se a ajudar no desenvolvimento para sua alto construção e para a sua valorização e estabelecendo uma igualdade similar a todos. Sem medo de perder o que você já construiu, e sim trazendo para si uma satisfação e aprendizado.
Como julgar outro ser igual a si, sem ao mesmo avaliar os motivos que levaram a sua existência. Não cabe a mim nem a ninguém julgar a real função de cada existência.
Não peço a compreensão, mas o auto entendimento, e a valorização dos iguais e compreenda para ser compreendido, ame para ser amado.
Fale o que realmente for necessário e não julgue os que não sabem o que dizem, mas não leve em consideração o que não produtivo para o crescimento.
Não odeie em vão.
Não destrua um igual.




Derrubei o muro que eu mesmo ergui 



Rotinas de idas e partidas regras e parametros que não sabemos sucumbir.
O interesse em trabalho.
Leva-nos a essa busca...
Busca de riqueza, para que?
Se vamos morrer ou ficar velhos sem poder utilizar ou ao menos saber o que será feito com o fruto de todo esse “trabalho” e dedicação.
Não falo estas coisas por desapego ao dinheiro ou ao trabalho, mas sim por medo de que quando realmente conseguir construir o que a sociedade espera eu não esteja vivo ou bem, para os meus sonhos, vontades.
Todas as conseqüências foram eliminadas.
Amanhã as pessoas ainda vão trabalhar, terão que alimentar-se, medo da fome e pobreza serão os mesmos.
Não falo para  te culpar.
Isso para não falar das arvores que matei.
Em uma estação milhares de pessoas vem e vão, sem ao menos notar quantas vidas, quantas experiências se vão.
Pessoas sem rostos ou nada em comum,
Que vem e sem ao menos um olhar amigável.
Matei minha alma, por não dar valor ao que realmente importa no mundo.
Preste atenção à moça que entra e não olha nos olhos dos outros, que senta calada e abre um livro, pense em quantas aventuras já vivenciou. O cobrador que está com seu radinho de pilha e assim por diante.
Todas as situações mudam.
Construa o presente de forma que não vá arrepender-se depois.
Valorize e vivencie as pessoas a sua volta.
Fatos e atos não contam mais.


O que vale ?

O que vale viver se você nem nota minha presença neste mundo?
Do que adianta lutar se no final você não estará lá pra me receber ?
Não quero respirar se você não vai chegar!
Caminho durante a noite, em busca de algo interessante, e nada vem nada acontece nada vale a pena. 
Não vou dormir pois não tenho você pra me acordar,
De nada vale !




Sonho, o hoje


Esta noite eu tive um sonho !
Você não estava nele.
Não adianta peguntar,
só cabe a mim saber,
quantos dias já passaram, meses ou anos ?
Sem você notar.
Já falei das musicas que gostava quando era criança, das rua em que brincava .
Aventuras perdidas em algum lugar do caminho.
Eu vou sem saber se volto, não faz a minima diferença, pois sou só mais um.
Quando acordei o sol batia a porta , demorei para levantar.
Queria que a noite não terminasse.
Do que valeu o sacrifício?
Acordei para mais um dia de desapego a tudo, caminhei em direção a porta.
Por você não falo de flores nem de amor,
Conto sobre coisas trites que já tinha esquecido.
Mas tudo está aqui quando você se vai.
Leve uma roupa minha ou um pedaço do meu ser !
Mas não foi possivel, pois você não teve tempo.
Espero poder contar-te sobre essas coisa que sonhei.
Em minha mente você sempre sorri.
Não conte de nossa vida pra miguem,
Outros não entendem o nosso mundo, são limitados e medem as razões !
Meu coração esta completo, você podia ter levado uma parte .




Minha escolha é simples.
Estou falando por horas o que não queria ouvir.
Minha casa já não te tem como amigo.
Meus caminhos não são validos pra alguém como você...
Sabes bem que não foi uma escolha minha.
Tente amenos ouvir, não faça uma escolha que eu não possa voltar.
Lutei pra te ter ao meu lado, mas não notou a franqueza do meu sentimento.
Meu nome está estampado em todas as partes de sua casa. Saia da minha vida pela porta dos fundos.
E não quero que leve nada, nem uma lembrança minha.
Minha escolha não te agrada, deixo a você apenas minha lástima.
Vou cobrir toda a cidade de cores.
E acho que acabo te encontrando em uma esquina.
Não são minhas escolhas que não aceita, são as suas !



 influências 

Vou rasgar minha pele, mente e suas mentiras.
Então contar pra todos que eu ainda me amo, mesmo que não sinta nada.
O coração grita por todo o mundo que não lembra o que aconteceu.
As tatuagens suas em minha mente foram banidas aos gritos. 
Fiz tudo.
Não mudou nada .
Porem não devo desistir. 
Ainda vejo seu sorriso pelas ruas em que passo.
Joguei pedras em algumas janelas, não era a sua!
Falei com pessoas desconhecidas. 
Por toda a cidade nada é novo.
As pessoas ainda não me conhecem como realmente sou. 
Onde minha cor influencia minha felicidade.
Minhas cores meus medos. A destruição.
Meu corpo se destrói, fala a si mesmo, não existe uma saída.
A cidade foi consumida pelo fogo que veio do céu,
Nem as vestes foram poupadas.
Irei estudar uma forma de não ter consciência .
Meu passado já não é parte de mim, sou um novo ser
Seguirei um caminho novo, caminho de minhas escolhas.
Escolhas essas que farei pelo coração.
Minha razão saiu pela porta esta manhã!
Fui em direção a minha alma.
Cantei uma música que nunca tinha cantado, só pra não ouvir a razão.
Trabalho minha mente desatino em ações que não entendo.
Vejo atos de pessoas e mentes distantes!
Tentando escrever muitas cartas que ninguém lê, que não destinam- se a nada,
Apenas direciono meu coração ao vazio.
Uma mente que fala a minha alma, e grita em meu coração,
Desesperado por uma sensação, uma dor, medo ou uma salvação.
Não penso em voltar, talvez recomeçar.
Mas pra onde ir?
Em mim tudo volta ou termina.
Tenho fome, faz tempo que não sito nada.
Meus ouvidos temem,
Minha distancia da realidade torna-se cada vez mais real.
Não acredito em pessoas, elas existem?
Tenho medo, posso não ter voz pra gritar meu nome pelas ruas, durante a noite.
Não existe esperança, medo ou dor.
Apenas choro, por semanas sentado no canto na rua, ou tentar levar uma vida feliz.
O mundo se vai, gira e se destrói .
Minha mente estagnada no tempo, e nada acontece!
Tenho respostas que não cabe a mim entender !!
Falo de coisas que tenho medo, pra não falar de amor, e nem de solidão .
A cidade molhada, muito fria!
Vou tentar achar alguma coisa pra comer , lama em meus sapatos.
Roupas, sonhos rasgados, não tenho sentidos pra vida, caminhar pra que ?
Para onde ir ?
Onde vou dormir essa noite, minhas pernas já estão cansadas não querem mais lutar. A única certeza que tenho é que tudo muda as pessoas, ruas predios e corações.
Minha mente é um lugar escuro e perigoso, tenho medo pelos que em min confiram.




Minhas ações 

Não tenho medo do mundo e sim das pessoas.
Quero gritar pra multidões para grandes mentes e amigos.
Minha voz se faz ouvida em todos os lugares, só não em minha casa.
Vamos sair às ruas gritando que queremos amor e não a fome.
Quero ir pra sua casa mais cedo.
Meu pobre idealismo em confortável burguesia.
Meu estado parece precoce?
Não quero discutir por causas perdias, sei que ainda temos uma saída.
Meu preconceito leva à discriminação, à marginalização e à violência, que não leva nada.
Não quero gritar em um lugar que sei que ninguém vai ouvir.
Sempre volto a mesma causa, a causa é meu medo minhas lamentações.
Sabendo que devo guiar meu coração a uma direção contraria.
Sei que posso viver como todos; nascer crescer ter filhos e morrer, ou Nascer renascer como ser consciente e só assim finalizar minha jornada.
Venha comigo, fique a noite
Você fala, mas não parece certo.
O que você espera que eu fale?
Você sabe que é um pouco tarde
Pegue em minha mão, e diz que tudo  mudou.
Porque isso não é um jogo
Você sabe que é um pouco tarde para remediar suas ações.
O tempo me fortaleceu!
Estou começando a seguir em frente, eu vou dizer pela ultima vez;
Está um pouco tarde;  errado.
Eu não posso esperar.
Você sabe todas as coisas certas a dizer
Você disse que sonha comigo, me ajude a concretizar meu sonho.
Para ser realista, isso não importa de nenhuma forma, nada mais alem de meu ideal.
Siga comigo você sabe que é o certo.
Não quero mentir sobre meus sentimentos,
Sua manifestação de desprezo me causa raiva, medo.
Minha caminhada começou, não graças a você e sim por buscar algo maior.
Lembrei de quando éramos crianças e ainda não tínhamos distinção de raça credo ou cor.
Sai sangrando pela porta dos fundos, não contei a ninguém minha humilhação.
Minhas cores minhas diferenças, isso me torna completo.
Não tente contra sua família, sou seu irmão seu namorado, amigo.
Suas verdades e valores não condizem com a realidade.
A música que toca é a mesma para todos.
Não se omita, e eu protestei.
Somos todos irmãos, simples seres.
Sua indiferença é medo, do diferente do que está em seu coração.
Minhas mãos sujas, meu medo limpo.
E suas verdades injustas.


Venha a mim com tom suave.

Fale coisas que ainda não foram ditas, me surpreenda.
Vamos começar novamente.
Meu passado se faz seu presente, estás onde eu gostaria.
Minha voz você nunca ouviu.
Seu rosto se apresenta em fotos.
Falo coisas que não gostaria que ninguém soubesse.
Não quero falar de meus medos, quero falar dos seus, pois já são meus velhos conhecidos.
Sua rua passou pelas minhas madrugadas, embriagado de medo e sonhos
Cantei em voz alta pra chamar a atenção de sua família,
Não tente entender minhas razões, hoje eu entendo.
Não quero passar por situações já vencidas.
Vou crescer e contar que não tenho mais medos.
Engano minha família minha religião pra ver-te.
Vou pular o mais alto que puder pra te ver... Por trás do seu muro.
Não fique com medo, estou esperando por dias melhores...
Acho que te vir por um segundo.
Sua casa me causa dor.
Tenho medo do seu ciúme, suas falsas verdades, seus pré-conceitos.
Quero saber até onde vai sua verdade.
Teste-me novamente.
E não tema, serei o mais verdadeiro possível comigo mesmo. Só assim posso não te magoar


Falei a noite toda de coisas que não te interessam.
Tentei.
Minha mente vaga na descoberta da religião morte e vida;
E você com trabalho, conceitos e dividas.
Minha noite mais festiva embalou seu sono...
Meu coração grita sem respostas.
Minha música alta ecoa e toda vizinhança escuta meus gritos;
Como vai seu dia?
Eu embriagado coberto com seu desprezo, caminhei nu pela casa.
Você não me respondeu.
As flores nas janelas estão morrendo aos poucos,
O egoísmo corrompe minha visão.
O telefone hoje não tocou, nem vai tocar...
Vesti suas roupas tentando chamar sua atenção.
Tantos andares para um único prédio...
Voltei ao final fila davida... Tudo está errado, terei que refazer meu caminho.
Despi-me em vão.
Horas que bato em sua porta, meus sapatos já gastos de tanto andar, vou ficar aqui no chão ate você abrir a porta.
A dor tenta me induzir ao erro quero me jogar da janela.
Os cortes em meu rosto cobrem meu medo.
Minhas pernas já estão cheias de sangue, a visão embaçada
Lavei minhas feridas na chuva.
Você sorri do outro lado da janela.



Quem sabe se te encontrar no fim deste filme.
Hoje posso chegar mais tarde em casa?
Minha mão não toca sua face, meu medo me liberta.
Saberia mudar a jornada ou quem sabe uma esquina.
O som está muito alto, vozes gritam por não saber aonde ir.
O que fazer?
Sei que não terei uma resposta!
Qual é diferença entre um dia e outro?
Hoje não vejo sentido em trabalhar comer sorrir.
Fujo, corro para não voltar a bater em sua porta.
Tantas escolhas, cores.
A janela ainda fica aberta.
Não vejo nada além de meu reflexo.
Saberia eu, o caminho correto.
Meu frio não tem o mesmo sentido.
Aqueles versos que li em seu caderno.
Hoje cheguei a sorrir por um momento; alguns segundos.
Lembrei de seu olhar, suas brincadeiras de criança.
Enfurecia minha mente.
Não adianta gritar, ninguém vai me ouvir nem entender.
Minhas pernas e coração doem...
Talvez seja simplesmente o começo de um novo filme.


Falhas 
Minhas verdades escondidas.
Medos reais, sonhos mortos. 
Água que molha meu corpo que sela minha pele. 
Minhas falhas e apelos reais.
Saudades vencidas, momentos passados. 
Pesadelos quero lembrar. 
Minha alma treme, meu coração chora.
Sempre os mesmos “ meus e minhas” !
Pelos amigos que se foram e os que aqui estão, 
minha dor é mais forte e meu choro é mais intenso. 
Caminho lentamente em direção a cama.
Minha verdade não é tão bela.
Não sou triste, sou verdadeiro. 
Sou falho e não temo minhas dores e cores. 
Faço referencias, aos momentos felizes.
Triste medo do fim.
Os relatos são os mesmos, e as dores também.
O meu corpo cansado e frágil.
Não deixo de valorizar a importância de sua presença.
Um ou dois anos, quem sabe? Talvez dez!
O homem caminha em direção ao nada, o suor frio dores na barriga.
Na mente tudo que passou, devorando o lixo e desespero.
Seu sorriso triste, um esboço.
Foi filho, criança, rapaz e agora? Caminha pela noite festiva, e faz os pedidos de sempre.
É uma guerra feliz, ou tenta.
Faz tempo que o sono se foi de casa.
Seus braços estendidos e em poucas palavras.
Algumas cartas ainda não foram lidas.
Passos na escada e batidas na porta.
Medo desgraçado, a cada pessoa no caminho um momento é dedicado.
Ou talvez seja apenas o começo, de noites frias e felizes
Minhas falhas e minhas evidencias.
Comprometem meu coração,
Minhas referencias se foram todas hoje pela manhã.
A forma que vejo a cidade, ninguém vê.
Os passantes se foram todos com medo da novidade.
Um corpo estirado, pálido e sem vida.
Cabelos ainda molhados.
O vai vem de meus pés em uma cadeira.
Seu olhar inocente me faz pensar.
Como posso ser assim?
Vejo toda sua rotina desgastante pela janela.
Hoje você sentado na janela sorri, minha casa não é mais a mesma, nem o coração.
Meus medos minhas fraquezas, sou provado a todo instante.
Você fala de coisas que eu nunca vou entender.
Minha janela está mais cinza hoje.
Meus medos se tornam mais claros a cada dia.

Quero estar nú
Tem noites que tenho vontade de chorar; talvez não tenha mais sentido.
Melhor, o que sinto não importa, não mais!
Nosso destino foi manipulado. 
Pare com tudo. 
Entenda apenas o que quero de você. 
Diga somente a verdade!
Não quero estar tão perdido, 
Seu sorriso torna-se cada vez mais tímido. 
Minhas certezas de crianças tornaram-se dúvidas.
Achei que a esta altura da vida minhas verdades já seriam mais conclusivas.
Tentarei não antecipar-me. 
Será que te conheço?
Você se perdeu na esquina, algum dia te conheceu?
Há tempos que você não me entende.
Tenho pedido isso em todas as minhas cartas. 
Meu choro não deixa nada claro pra você; nem sabe que tenho chorado. 
Estamos tão distantes. 
Não vou sair antes de arrumar minha bagunça. 
Tenho recebido sinais. 
Porem o que vem de mim não te interessa. 
E faz tempos são que meus planos não são os mesmos



Amanhã vou estar embriagado novamente., terei que voltar ao trabalho.
As mesmas pessoas sem graça e emoções.
As vidas sem graça, talvez tenha agraça na ironia do mesmo. 
Mesmos sonhos mesmas caras e roupas. 
Todo o mesmo, contemplado pelo espelho de mentiras.
Minhas vestes não foi eu quem escolheu.
Minhas palavras são ditas por regras que nem sei quem fez. 
Tolas as mentes que enganan-se por essas veradades..
Não sei mais onde ir?
Onde vou estou cercado de mentiras.
Minhas fantasias hoje valem mais a pena.
Nem sei o que pensar . 
Aqui perdido neste mar de mentiras.
Lá fora as pessoas sorriem . 
Felizes com coisas que não signficam nada...
Nesrte mar de gente eu não signiifico nada. 

Fechei o livro esta noite, o romance acabou.
Quantas mentiras seriam melhores que a verdade?
nem todas as palavras enganariam meu coração.
A relação entre nossa canção e nosso amor acabou.
Ja não andam juntas faz tempo.
Nem tente bater na porta outra vez.
A solidão chegou antes que pudesse dormir;
Posso passar alguns anos sozinho ou quem sabe a o resto da vida .
Depende apenas de suas proximas palavras.
estou a alguns minutos do meu futuro.
Não que eu queira responsabilizar você por mossas vidas ;
sei que fui seduzido por tuas verdades.
Não entendo o que dizes.
-Fique só!
Estou só, estive por muito tempo.
Suas palavras não aliviarão nossas dores.
simplifique suas mentiras.

A chuva vem sem medo, entra pelas cortinas e toma minha sala.
Molha minha face.
Não tenho medo da chuva, quero mais que ela invada minha vida.
Quero ficar o mais tempo que puder, sentindo toda sua força.
Invadindo cada parte de meu corpo e lavando suas pegadas.
Quero sentir toda sua vida, escorrendo em minha pele;
Sinta cada parte de meu corpo; não tenha pudores.
Descubra sem esforço.
Cante sua melodia suave, e misture-se com minhas lágrimas.
Chorei por toda a noite.
Depois disso, saia da mesma forma que entrou, e somente eu saberei de sua visita.

Algumas pessoas não sabem, nem imaginam quantas foram as batalhas que perdi.
você sabe de todas as minhas fraquezas.
Minhas verdades são só minhas.
Elas me tornaram mais forte, por elas eu sofri.
Nem sei de onde vieram, foram aos poucos tomando minha vida.
Poucos sabem o que sofri, quem eu deixei e amei.
Nas poucas horas de tristeza que as lágrimas cortavam meu coração, sempre tive quem abraçar e renovar minhas forças.
foram varias minhas idas e vindas, sei que quando voltar você estará lá, aceitando todas essas minhas verdades,que já chegam a ser suas verdades!
Tem partes de minha vida que não existem longe de ti.
e outras que distante, se reforçam( saudade, medo, nostalgia).
tem dias que olho nossas fotos... e outros que...choro.
Você sabe de tudo, me conhece como poucos. te procuro em muitas pessoas, tolice a minha... Você é insubstituível

Entregue 
Fico triste ao ver suas lagrimas e saber que não posso fazer nada pra aliviar sua dor !
Neste momento sofra tudo que tiver que sofrer!
O que posso fazer é estar contigo, e aqui estarei. 
Acho que nenhuma dor é mais profunda que ver quem se ama sofrendo. 
Hoje lembramos de coisas que não queremos esquecer.
Sei seus motivos. 
O que posso fazer é segurar sua mão e dizer que és forte !
Eu podia ter ficado mais tempo junto a tí !
Todos tem seus motivos. 
Meu momento é de dor!
Dor por ter que ver suas lagrimas!
Tudo que devia ser feito está concretizado, e seu tempo acabou. 
Fico feliz por poder dizer o ultimo “eu te amo” 
Minha culpa é por permitir que sofra. 
Estes dias frios e nublados vão passar, e lembre-se deles; 
Eles te farão forte. 
Nestes momentos lembro que já tivemos muitas dores. 
E ficamos juntos!
Sempre te admirei!
Filho de um homem iluminado. 
Uma vez disse-me que “eu” era iluminado, essa luz é reflexo seu.
Amo te e sempre soube seus motivos. 

Felicidades 
Estou no lugar errado!
Meu tempo
Neste caminho sem volta e soluções.
Tentei achar as palavras certas pra dizer tudo que sinto. 
Tola tentativa!
Ando sem motivos!

Anjo de todos os milagres.
Ferindo minhas dores com remédios que não curam só matam. 
Faltei as suas aulas, e meus cadernos ficaram velhos! 
Joelhos feridos por minhas preces. 
Já sei todas as suas respostas. 

Não digo que são perdas, pois cheguei aqui sem nada nas mãos !
O que escrevo não é pra mudar sua vida e sim a minha.
Tenho melhorado ao escrever!
Tenho falado de coisas que temo. 

Tem varias noites em que adormeço olhando para o céu a procura de um milagre!
Minhas nuvens tem tampado toda a cidade.
O frio toma minha barriga. 
Nem as estrela visitam meu céu!
Escrevo ao meu coração, 
todas essas cartas dedico a ele. 
Anjo de um céu vermelho!
Vento forte em meu rosto, desperta- me! 

Ao nascer do sol 
Se quando o amanhã vier eu não estiver aqui!
Valorize esse momento, conheça-se.
Não finja que é mentira. 
Não se apegue a minhas poesias tenho um português ruim.
Não lute contra o sentimento de solidão.
Faça que nunca fez !
Tenha saudades pois reforça o amor. 
Não se apegue a minhas coisas velhas!
Se tiver que chorar de saudades, chore mas não se prenda ao sofrimento.
Não se irrite.
Não tenha medo se tiver que sair de casa e eu não vá com você!
És forte e o mundo não pode contra você !
Leve contigo minhas palavras de carinho e amor. 
Não leia cartas velhas!
Escreva as novas!
Convide alguns amigos pra jantar!
Lembre dos sorrisos que tivemos e das lutas que vencemos.
Desfrute da cama só pra você!
Tente ler um livro antes de dormir.
Fale de mim ou não. 
A tristeza vem mas os momentos felizes logo vão te lembrar que continuo em seu coração. 
Minhas roupas estão por todo o quarto, e quando for meia noite lembre de mim, eu estarei te desejando uma boa noite!
Olhe para si é ai que estou.
Não siga meus conselhos eles são antiquados, e digo coisas que eu mesmo não faria.
Muito antes do que imagina eu estaremos juntos novamente. 


Postar um comentário